Thursday, January 18

Muhammad Ali, The Greatest!

Em homenagem aos 65 anos de Muhammad Ali escrevo este texto. Pretendo apenas aguçar o apetite de dalguns.

Quem não se recorda de um homem, claramente sofrendo da doença de Parkinson acendendo a chama Olímpica no inicio dos jogos Olímpicos em Atlanta 1996?

Para quem não conhece: Ele foi um lutador ou jogador de Boxe, três vezes campeão mundial de pesos pesados, entre 1964 e 1979. Cassius Marcellus Clay Jr. era seu nome de nascimento que veria a rejeitar e a considerar como seu antigo nome escravo.

O que o tornou famoso foi o seu carisma. Ele não foi só um grande lutador como um grande conversador. Frequentemente, descrevia-se como o maior, "The Greatest" e escrevia poemas sobre as suas muitas vitórias.

Agumas citações de Muhammad Ali:

"When you're as great as I am, it's hard to be humble."

" I'm the greatest thing that ever lived. I'm so great I don't have a mark on my face. I shook up the world."

"Float like a butterfly, sting like a bee."

"I'm so fast that last night I turned off the light switch in my hotel room and was in bed before the room was dark."

"God gave me this illness to remind me that I'm not number One; he is. "

Só para citar 5 são hilariantes da sua personalidade.

Não à Guerra!

Recusou a ir para a Guerra do Vietname nos anos 1960 e as autoridades Americanas proibiram-lhe de combater durante 3 anos. Foi um grande defensor dos direitos civicos. Vou copiar um texto onde encontramos as razões porque não quiz ir para guerra:

"Why should they ask me to put on a uniform and go 10,000 miles from home and drop bombs and bullets on Brown people in Vietnam while so-called Negro people in Louisville are treated like dogs and denied simple human rights? No I’m not going 10,000 miles from home to help murder and burn another poor nation simply to continue the domination of white slave masters of the darker people the world over. This is the day when such evils must come to an end. I have been warned that to take such a stand would cost me millions of dollars. But I have said it once and I will say it again. The real enemy of my people is here. I will not disgrace my religion, my people or myself by becoming a tool to enslave those who are fighting for their own justice, freedom and equality. If I thought the war was going to bring freedom and equality to 22 million of my people they wouldn’t have to draft me, I’d join tomorrow. I have nothing to lose by standing up for my beliefs. So I’ll go to jail, so what? We’ve been in jail for 400 years."

Os 2 maiores rivais de Muhammad Ali no ringue foram George Frazier e George Foreman. Os combates mais badalados foram "The Thrilla in Manila" e "The fight of the century" contra George Frazier em 1971 e 1975, no primeiro Ali perdeu e finalmente, o combate no ex-Zaire em 1974 frente a George Foreman que muitos consideram o maior momento desportivo de todos os tempos.

Em 1999 revistas desportivas uma Americana e outra inglesa consideram-no como o desportista do século XX.

Muhammad Ali acaba de receber do Presidente Bush a medalha da Liberdade. É sem dúvida um grande Homem!

3 comments:

Patsy Dear said...

já sabemos onde o Mourinho foi buscar a sua mania das grandezas! :P

Janice Silva said...

Querido primo!!! Gostei do que li tu és um primo especial, tenho muito orgulho de ti!!!!!!!!!!!!!
Prima " Tia Já".

wavixavi said...

Podes ver um filme sobre a sua vida é com o Will Smith e chama-se ALI. Eu ainda não vi mas disseram que está bem feito...

Abraços