Monday, April 16

A minha décima primeira Maratona!

Para se fazer uma maratona (42,195 Kilometros ou 42 195 metros ou 42 195 000 centímetros), segundo os entendidos é necessário algum tempo de preparação que pode variar entre quatro e doze semanas anteriores à maratona consoante o grau de preparação física de cada um.

Não sou propriamente um novato na corrida, já participei em mais de cem provas de competição incluindo pelo menos três dezenas de meia-maratonas e em 11 maratonas.

Para a maratona de ontem (Carlos Lopes Gold Marathon) comecei a treinar em meados de Fevereiro (comecei tarde uma vez que andei parado por causa de umas mazelas) depois de três semanas seguidas as dores no pé direito e na parte lateral do joelho direito voltaram pelo que deixei praticamente de treinar, mas ainda sim nas duas semanas seguintes fiz dois treinitos que na totalidade não chegaram aos 30 kms, e na semana seguinte não fiz nadita de nada, bem, mas o tempo passa e já estava na semana da maratona.

Entretanto, já tinha telefonado ao Senhor Nuno a avisar para não me inscrever, porque não me sentia preparado, o clube (Sport Lisboa e Campolide) anda mal das finanças seria um desperdício de recurso e por respeito.

Mas, não é que na terça-feira tenho um sonho no qual eu estava a fazer a maratona, bem levanto-me da cama, visto-me e vou dar uma corridinha em Monsanto - 6km em 30 minutos e, não sinto dores, bem reequaciono: “é pá, se amanhã a coisa correr do mesmo jeito…” no dia seguinte faço o mesmo treino e, então tomo a decisão: “Vou mesmo à Maratona” na quinta-feira inscrevo-me na Maratona, no entanto nos dias seguintes não faço mais treinitos “não vá a dor voltar”.

Assim, no domingo de manhã às 6:45 horas levando-me tomo o pequeno almoço - “Kamoca ku Leite” (já agora um parênteses - em Cabo Verde diz-se que Ká – Moca é o melhor remédio para doenças sexualmente transmissíveis como o HIV/Sida) equipo-me e lá estou eu a materializar o meu sonho de terça-feira!

No início da corrida sinto-me optimamente e, estico um pouco a passada, mas a partir dos 30 kms, o corpo diz-me para abrandar, porque estava lá não para competir, mas sim para realizar o meu sonho de terça-feira! Assim, humilde e honrosamente concluo a minha décima primeira maratona com o tempo de 03 horas 40 minutos e 03 segundos no octogésimo sétimo lugar da geral e no décimo terceiro no meu escalão.

Recordo-me que quando estava a cerca de quilómetro e meio do fim da prova passa um carro por mim, na Zona de Expo e alguém lá dentro diz: “Já vais atrasado”. Para mim o que ficou é “já vais”, porque o tempo é algo muito relativo quando da realização de um sonho se trata.


3 comments:

marta said...

É assim mesmo Zequinha! O que interessa é realizarmos os nossos sonhos e andarmos ao nosso ritmo. Fazemos o melhor que podemos.
Um beijo e Parabéns :D

Miguel Moreira said...

Muito bem! Quanto tempo demoraste a concluir a prova? Se correr a mini como eu fiz já custa, fazer 42 não deve ser fácil!

Miguel Moreira said...

3h 40m! Bom tempo!