Friday, September 14

365 +2 Dias sem álcool na minha vida.


É verdade há um ano atrás, depois de ter apanhado uma bebedeira, já nem sei porque razão, mas para apanhar bebedeira na altura não havia mesmo qualquer justificação ou porque estava “bem” ou porque estava “mal”. O facto é que daquela vez me senti mesmo muito mal comigo, a ressaca não estava a correr bem… Então em conversa com a Vera disse-lhe que iria tentar não beber qualquer bebida alcoólica durante os próximos 9 meses. Nove meses pareceu-me romântico … Então escrevi no meu livro das decisões e ela assinou, como testemunha.

Os primeiros impactes

Os primeiros dias após a decisão, foram canja…houve dias mais difíceis, sobretudo aqueles em que estava com pessoas que bebiam, em Festas, Noitadas, Jantaradas até porque esta minha decisão era vista por alguns companheiros de copos, como algo sobrenatural e que me estava a fazer mal J

Resistência

Como maratonista sei que a resistência e o endurance são treinos importantes – tinha que me auto motivar.

Ginger Ale

Bem em substituição ao álcool comecei a beber Ginger Alle, Sumo ou mesmo água pois, assim podia sempre acompanhar a malta.

Objectivo


O tempo foi passando é chego com naturalidade aos 9 meses sem álcool.

Esticando o objectivo

Uma vez alcançado o objectivo dos 9 meses. Resolvo estender o objectivo para 12 meses, um ano, 365 dias!

Sonho revelador

Quando faltava pouco mais de um mês tive um sonho em que entro num bar peço um pão e um copo; sento-me e começo a beber, quando estou a beber lembro-me, é pá lá se foi o meu objectivo – o sonho contínua, muito calmamente, acabo de beber dirijo-me novamente ao balcão e dessa vez peço um copo de vinho (não um copo de qualquer coisa) e pão.

Leitura do Sonho

Esse sonho foi revelador porque, se por um lado não consigo o meu o objectivo, por outro lado não me julgo por isso.

Outra informação desse sonho é que eu não precisava de estar constantemente a definir datas para continuar a não beber álcool, sim porque sei agora que posso optar por não beber álcool sem pensar na coisa – no fundo isto é como meditar, não tenho que pensar estou a meditar. Escuso de me matar e viver preso a datas, pois teria sempre mais dias para não beber, do que para beber e não precisava de me julgar por isso.

Senti um grande alívio e agora sei que não tenho que definir objectivos para não beber, se acontecer beber será algo tão natural e não preciso julgar-me por isso.

Então agora já posso beber, mas ainda não sinto o apelo natural da coisa. Talvez isso aconteça daqui a 65 anos ou amanha. Estou tranquilo.

4 comments:

Anonymous said...

Parabens pelo acontecido

Anonymous said...

Sabias q o whisky, quando bebido com moderação, faz bem ao sistema imunitário e cardiovascular? E que um copo de vinho por diaà refeição faz bem ao coração e à longevidade?
Eheheh... tou a ser mázinha? Brincadeirinha. Cada um faz akilo q melhor acha para si.
Só por atingires um objectivo proposto, já és um herói.
Bjs...

kaminhu said...

Ainda me lembro embora a ditadura do tempo tenha imposta mais de dez anos entre o acto e o facto...
Lembro-me de ti naquelas noites regadas e abençoadas com grandes bebedeira, em acto simples ...
Agora leio que conseguis-te superar a barreira do álcool, com 365 dias de distância... Sendo isso um facto, resta-me apenas dar-te os parabéns...
Aquele abraço, Amigo...
Helmer Araújo

Tapete Voador said...

Interessante partilhares esta história